O TIGRE FERIDO! (RESSENTIMENTO).

Aroldo foi uma criança super traquina. Adorava jogar futebol no campinho da esquina da rua onde morava. Era um dos atacantes do time. Aliás um ótimo atacante. Um fanático por futebol! Se dependesse dele ficaria jogando o dia inteiro. Detestava ir à escola. Era como se fosse um castigo. Filho de uma mãe enérgica e sensível, que, por ter muitos outros filhos, não conseguia exercer sua autoridade e nem o seu carinho. Simplesmente ela não tinha tempo para isso. Esse menino sensível e criativo não conseguiu usar os seus dons naturais nem no próprio esporte; não teve apoio, nem estímulos. Aroldo passou pela adolescência em más companhias, sem construir nenhum projeto para o futuro. Nunca se preocupou com a própria sobrevivência. Sempre dava um jeitinho de sustentar os seus caprichos. Assim como uma criança, só tinha o princípio do prazer imediato. Nunca esquentava a cabeça com nada que pudesse exigir bom senso. Não teve orientação necessária para se desenvolver em nenhuma área profissional e ocupar um espaço saudável na sociedade. Em compensação, o que cresceu enormemente, foi o seu charme e poder de sedução. Atraia mulheres de todos os níveis e de todos os tipos. A malandragem da rua o transformou num rapaz muito esperto, encarando com valentia qualquer situação de briga. “BOM DE BRIGA”. Essa qualidade  todos reconheciam nele. Grande motivo de orgulho. Esse adjetivo reforçou a sua identidade social. “LINDO E MACHÃO”. Conheceu na boemia, aos vinte e sete anos, Laura, o seu grande amor. Essa moça de classe média alta, assim como ele, adorava cair na gandaia. Morena bonita com profundos olhos negros e cabelos de “noite sem luar”! Tinha um gingado só dela! Enfeitiçou para sempre o coração de Aroldo. Esse homem transformou-se em seu escravo. Passou a depender dela em tudo. Até de seu dinheiro. Era o ar que ele respirava. Laura tinha um perfil de caráter muito parecido com o de Aroldo, mas, por outro lado, teve a sorte de ter uma família mais estruturada. Seus pais se preocuparam com a sua formação e com o seu futuro. Conseguiu se formar em assistência social, curso que se encaixou bem com o seu jeito de ser. Rápida ascensão! Carreira promissora. Tornou-se diretora de uma ONG que cuidava de crianças carentes. Laura também se encantou pelo charme de Aroldo, assim que foram apresentados por uma amiga em comum. Ela, com autonomia financeira, nem ligou pela situação profissional e econômica de Aroldo e nem pela sua discutível identidade. Apaixonou-se perdidamente pelo seu jeito carente e malandro. Não pensou muito. Quis casar! Mesmo contra a vontade de sua família. Combinaram que ela bancaria por uns tempos as despesas do casal, até ele se encaixar profissionalmente. Sabe como é uma mulher apaixonada! Casamento realizado. Muita festa. Muitas expectativas. As noitadas cheia de danças e tesão, depois do casamento, foram muito curtidas por um bom tempo, mas, gradativamente, diminuindo, assim como a paixão avassaladora que Laura sentia. Alguma coisa dentro de seu coração já não fazia mais sua pele arrepiar quando seu marido a abraçava. Passados quatro anos de tentativas e erros, Aroldo nunca se acertando profissionalmente, o coração de Laura deu um basta ao seu amor! Cansou de tantas desculpas e queixas que Aroldo arranjava para não se assumir como um homem adulto. Problemas acumulados. Contas a pagar! Laura já não queria mais continuar a sustentar a fragilidade do ego inflado do seu marido. Sempre colocando na sorte a sua falta de realização na vida. Não reconhecia e nem admitia que estava acomodado e que precisava se auto-desenvolver com determinação e muito esforço.  Ao contrário de Laura ele continuava apaixonadíssimo e dependente dela. Ficou enlouquecido com a frieza que começou a perceber nela. Não aceitava que ela não o desejasse mais. Demonstrando até uma certa aversão. Inseguro e infeliz, entrou em desespero. Ficou sem saída. Estava perdendo tudo. Como seria a sua vida agora? Uma confusão emocional preocupante na cabeça desse homem. Mágoas, angústias e muitos conflitos.  Durante esse processo, somatizou parte desses sentimentos. Desenvolveu até uma úlcera no estomago! Não conseguiu se reerguer. Laura continuava impiedosa. Irredutível. Numa tentativa final, buscando recuperar a mulher que lhe dera tudo, contratou uma serenata muito romântica, com as músicas preferidas de Laura, para o dia em que completariam quatro anos de casamento. Seria uma surpresa! Ela tinha esquecido completamente da data. Bem naquela noite, Laura tinha saído com seu novo amor. AS PÉTALAS VERMELHAS SE TRANSFORMARAM EM LÁGRIMAS DE SANGUE!

740 comentários em “O TIGRE FERIDO! (RESSENTIMENTO).”

  1. An outstanding share! I’ve just forwarded this onto a colleague who had been conducting a little homework on this. And he in fact bought me breakfast due to the fact that I found it for him… lol. So allow me to reword this…. Thank YOU for the meal!! But yeah, thanx for spending time to talk about this topic here on your blog.

  2. Hi, I think your site might be having browser compatibility issues. When I look at your website in Safari, it looks fine but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping. I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, fantastic blog!

  3. Having read this I thought it was very informative. I appreciate you taking the time and effort to put this article together. I once again find myself spending way to much time both reading and commenting. But so what, it was still worth it!

  4. Thanx for the effort, keep up the good work Great work, I am going to start a small Blog Engine course work using your site I hope you enjoy blogging with the popular BlogEngine.net.Thethoughts you express are really awesome. Hope you will right some more posts.

  5. Having read this I thought it was really informative. I appreciate you taking the time and effort to put this information together. I once again find myself spending a significant amount of time both reading and leaving comments. But so what, it was still worthwhile!

  6. Hi, I think your site might be having browser compatibility issues. When I look at your website in Safari, it looks fine but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping. I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, fantastic blog!

  7. Aw, this was an extremely good post. Taking a few minutes and actual effort to make a very good articleÖ but what can I sayÖ I put things off a lot and never seem to get anything done.

  8. Oh my goodness! Amazing article dude! Thank you, However I am encountering troubles with your RSS. I donít understand the reason why I cannot subscribe to it. Is there anyone else getting identical RSS problems? Anybody who knows the answer will you kindly respond? Thanx!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.