DESATAR NÓS! ( RESOLUÇAO DE AFETOS).

Vem cá. Fala sério. Você também pensa em mim. Confessa cara! Talvez você seja um pouco mais covarde que eu, ou, quem sabe, mais equilibrado e maturo. Prefiro pensar que é mais covarde! Isso fortalece meus ensaios mentais em buscar formas de te procurar. Sempre me senti mais ousada que você. Segundo sua fala antiga, “mais atrevida”. Acho que tem razão, sim. Confesso que brigo muito pelos meus sonhos e planos. Não morro de medo de quebrar a cara e sofrer. Acho que vale a pena tenta desvendar afetos reprimidos. Perceber o sentido, nutri-los ou não. Isso pode aliviar o peito. No mínimo é uma atitude que leva à uma resolução. Dá sentido à vida! Sabe, sinto que devemos sempre, ouvir pedidos de mudanças que gritam dentro do peito. Por outro lado, sei também, que o antigo e bem vindo “bom senso” não pode ser descartado, embora esse aspecto, muitas vezes, atrofie os desejos. Fazer o que? Porém, mesmo correndo o risco de ser rejeitada, quero enfrentar esse desafio. Talvez a luz de seus olhos claros é que me fortalece nessa coragem. Expressam tudo sem dizer nada. Eles falam de seu amor há tempos. Já o conheço! Sei que me ama calado. Acho que não te ofereço essa mesma segurança. Disfarço melhor, talvez! Entendo seu medo em me procurar. Rejeição é algo muito sério em sua história de vida. Correr risco consciente de sofrer, você não se permite. Rígido e conservador como é, prefere ficar sozinho! Pensando bem, acho que amanhã, a noitinha, vou te ligar. Quem sabe ainda dê tempo da gente caminhar contra o vento na areia da praia, contar estrelas… Quem sabe. SONHO AGRIDOCE. GIRASSÓL NO CORAÇÃO!